Como dizem os poetas, os cabelos são a moldura da beleza feminina. Muito embora a calvície seja mais comum nos homens, as mulheres também estão sujeitas ao drama da queda de cabelo. E, certamente, se a calvície afeta negativamente a vida dos homens a quem acomete, o efeito pode ser ainda mais deprimente para uma mulher cujo cabelo assina sua aparência.

E, especialmente entre as mulheres, o número de cirurgias capilares aumentou acentuadamente em quase todo o mundo. Conforme dados divulgados pela Sociedade Internacional de Restauração Capilar (International Society of Hair Restoration Surgery), entre 2014 e 2016, o crescimento na ocorrência de procedimentos de cirurgia capilar superou 50% entre as mulheres. Este fenômeno deve-se especialmente à eficácia dos transplantes de cabelo como solução para males como a alopecia androgenética (calvície hereditária) e a alopecia aerata (calvície autoimune).

Contudo, há que se diferenciar queda de cabelo de calvície. Há diversos tratamentos para a calvície à base do uso de medicamentos. O que torna o procedimento cirúrgico a última alternativa. Pensando nestes termos, cabe considerar quatro informações importantes acerca da restauração da função capilar nas mulheres:

1. Cuidado com o uso de shampoos e produtos químicos no cabelo

É muito raro encontrar uma mulher que não tenha grande vaidade com os cabelos e busque tratá-los para que fiquem mais fortes, mais longos, mais volumosos e mais bonitos. Por isso, a indústria de cosméticos lança anualmente no mercado um sem fim de produtos para seduzir as mulheres em face destes desejos comuns.
Além das promessas milagrosas, muitos destes produtos têm substâncias em suas fórmulas cujo uso contumaz pode ter efeitos indesejados, como ressecamento e queda dos cabelos, entre os mais comuns.

2. O desgaste do cabelo pode não ser calvície

É natural se assustar ao se deparar com falhas na cabeleira. Mas, nem sempre uma falha no cabelo, ou encontrar mechas maiores na escova, significam calvície.

A queda de cabelos pode ser sintomática. Ou seja, a queda de cabelo pode ser causada por inúmeros fatores como a falta de vitaminas, distúrbios hormonais, e até mesmo a idade. Assim, é importante buscar o parecer de um médico especializado em restauração capilar, para que haja um diagnóstico preciso do quadro e a adoção do tratamento adequado ao tipo de calvície.

3. A necessidade de diminuição da testa

Havendo a necessidade de correção da linha frontal, a diminuição do recuo da testa, é possível realizar um procedimento de transplante capilar.

O procedimento é feito fio-a-fio, através da técnica chamada Extração da Unidade Folicular (Follicular Unit Extraction, em inglês), por meio da qual é feita uma extração de folículos da região perto da nuca, um por um, e implantados na região da testa fechando o recuo. É possível também a utilização da técnica FUE para realizar o implante de sobrabcelhas.

4. O transplante é uma solução viável

Diante de um quadro de queda de cabelo, a mulher deve buscar o parecer de um especialista que seja capaz de identificar suas causas e decidir pela adoção de um tratamento adequado para a restauração da função capilar.

E, se for o caso, recomendar o procedimento cirúrgico de transplante capilar, após verificar o tipo de calvície e se o paciente possui uma potencial área doadora que permita a viabilidade do transplante de folículos. De forma geral, as mulheres que passam por este tipo de procedimento obtêm resultados bastante positivos.

No Brasil há clínicas excelentes para cuidar da saúde capilar. A Calvície BH é uma das mais tradicionais da capital mineira, especializada em implante e transplante capilar.

Dirigida pelo Dr. Otávio Boaventura, a Calvície BH, além de ser referência em tratamento da calvície e transplante capilar em Belo Horizonte, expandiu sua clínica para atender e realizar transplante capilar em Uberlândia.

O Dr. Otávio Boaventura tem vasta experiência e foi o primeiro médico a descrever e publicar a técnica de FUE com fios longos sem raspar a cabeça, tornando-se a principal referência mundial no assunto.

Confira também: Transplante Capilar