Ao contrário do que muita gente pensa, queda de cabelo e calvície não são a mesma coisa. Ambos são temidos tanto por mulheres quanto por homens, mas suas causas e os tipos de tratamento correspondem a técnicas bastante diferenciadas.
Se você deseja saber mais sobre este assunto, confira mais detalhes abaixo:

Queda de cabelo

Os fatores que podem desencadear a queda de cabelos são diversos, mas podemos destacar situações como:
– estresse
– deficiência ou excesso de determinadas vitaminas e minerais
– excessos de escovação ou tração (como os coques e os rabos de cavalo, por exemplo)
– uso de antidepressivos, anfetaminas, medicações para emagrecimento e para tratamento de acne.
– quadro de caspa não tratada, que pode agravar as quedas capilares e desenvolver inflamações, como por exemplo a dermatite seborreica.

Porém, ao contrário da calvície, mesmo com os cabelos em queda, a raiz continua viva e produzindo novos fios, e – por isso – a queda de cabelo é um quadro reversível na esmagadora maioria dos casos.
Quando uma pessoa identifica o excesso de queda de cabelo, o ideal é entrar em contato com um dermatologista, que poderá receitar substâncias como corticoides, proteínas, minerais e vitaminas que irão combater o problema. Vale ressaltar que, nesse processo, o uso adequado de shampoos e condicionadores, bem como uma hidratação adequada, são essenciais para a recuperação capilar.

Clique para conferir um artigo completo sobre o assunto, mitos e verdades: tudo sobre queda de cabelo.

Calvície

De maneira geral, é possível afirmar que a calvície consiste num fenômeno onde os cabelos sofrem um processo de miniaturização. Isso significa que a raiz atrofia até que os fios de cabelo fiquem finos até desaparecerem por completo.

A calvície não atinge apenas homens, mas também mulheres, e pode acontecer em qualquer parte do corpo com pelos/cabelos, sendo que o mais comum é no couro cabeludo.

Segundo estudos, o Brasil conta com mais de 30 milhões de homens que sofrem com a calvície, enquanto apenas 10% da população feminina passa pelo mesmo problema.

Ainda de acordo com a pesquisa, no caso das mulheres, a fase mais propensa para o desenvolvimento da calvície ocorre na menopausa, momento em que os hormônios passam por grandes alterações.

Nesse contexto, vale destacar que, apesar de existirem diversos tratamentos para calvície caseiros disponíveis, nenhum deles de fato têm sua eficácia comprovada.

Dessa forma, a melhor solução para reverter um quadro de calvície é procurar uma equipe especializada. Ela poderá aplicar tratamentos de alta qualidade, como por exemplo o micro implante capilar (MIC) e a extração da unidade folicular (FUE). Essas técnicas são aplicadas em pessoas mais velhas e que já estão com um quadro de calvície avançado.

Porém – quando a calvície ainda é moderada – o tratamento com medicamentos é o mais recomendado, principalmente para pacientes jovens. Existem substâncias que, felizmente, demonstram serem muito eficientes quando a calvície ainda está no começo.

Portanto, se você deseja se livrar da calvície com um tratamento seguro e eficaz, entre em contato agora mesmo com o Calvície BH. A equipe, liderada pelo premiado Dr. Otávio Boaventura, proporciona resultados naturais a todos os que desejam mais confiança e qualidade de vida.
Entre em contato agora mesmo!