Quando o inverno passa e o verão vem chegando muitas pessoas desejam corpos mais magros e definidos, rapidamente, para que possam exibi-los. Porém, na busca frenética pela estética corporal mais notável e perfeita, muitas pessoas acabam fazendo uso de substâncias perigosas à saúde, que descortinam uma série de consequências negativas ao corpo e à autoestima. Um conhecido exemplo é a utilização indevida de anabolizantes, que recebem o nome popular de “bombas”.

Os anabolizantes são substâncias oriundas da testosterona, o hormônio sexual masculino, e é um tipo de hormônio esteroide que contribui para o desenvolvimento e crescimento de diversos tecidos, entre eles o muscular e o ósseo. Além disso, podem ser injetados ou ingeridos via oral. Entretanto, com o uso de anabolizantes há o surgimento precoce e gradativo da calvície, conhecida cientificamente como alopecia androgenética, em pessoas que já são propensas a apresentar queda de cabelo. Muitas pessoas não têm conhecimento dessa consequência advinda do uso indiscriminado e incorreto dos hormônios esteroides, pois apesar do desenvolvimento dos músculos, a calvície acaba afetando a autoestima de muitas pessoas que ficam constrangidas e incomodadas com a aparência dos cabelos.

A explicação é simples entre a relação do consumo de anabolizantes e o aparecimento de calvície, pois quando o hormônio di-hidrotestosterona (DHT) sofre um descontrole no organismo há um gradativo afinamento dos folículos pilosos, desencadeando, assim, uma perda de cabelo abundante. O hormônio DHT e os anabolizantes possuem em suas composições a testosterona, dessa forma a regra é a seguinte: ao ingerir no organismo anabolizantes, os índices de hormônio sexual masculino aumentam e, assim, há um desequilíbrio do hormônio no corpo, o que provoca uma fraqueza nos fios do cabelo, gerando, em pouco tempo, o surgimento de uma calvície precoce.

Adultos e, principalmente, jovens têm ingerido esses anabolizantes para obterem rapidamente, sem muito esforço físico e sem uma reeducação alimentar, um corpo com músculos perfeitos que se enquadram no padrão de beleza estipulado por grande parte da sociedade, mas ao optarem por um caminho de facilidades sem nenhum cuidado, a saúde é levada a um segundo plano, e problemas como o surgimento de calvície precoce aparecem.

Diante deste quadro preocupante da chegada precoce da calvície é necessário que as pessoas busquem um dermatologista especializado em tricologia, ramo que estuda e trata dos distúrbios nos fios do couro cabeludo ou do corpo, como é o caso da queda de cabelo ocasionado pela calvície. O tricologista irá realizar uma análise capilar para averiguar se o enfraquecimento e a perda excessiva de cabelo têm correlação com o consumo de anabolizantes, indicando o melhor método para que o problema seja solucionado.

A queda de cabelo pode ser interrompida e tratada com auxílio médico, dessa forma o site Calvície BH possui uma equipe especializada em implante capilar masculino e feminino, e também, em tricologia, utilizando técnicas inovadoras no mercado, tudo para proporcionar satisfação e bem-estar nos clientes que desejam restabelecer a autoestima. Entre em contato e marque uma avaliação no Calvície BH, liderado pelo Dr. Otávio Boaventura que é especialista em tricologia e realiza implante capilar BH.