A alopecia androgenética atinge homens e mulheres, no entanto há diversos fatores que podem colocar em risco a saúde dos cabelos como por exemplo a queda de cabelo por conta de doenças infecciosas.

Nem sempre a perda dos fios de cabelo está relacionada a condição de saúde capilar, a causa pode não ser visível, ou seja, podendo estar oculto. Por esse motivo se faz necessário procurar um médico que trate de calvície e te oriente com relação a todos os procedimentos a seguir.

Nos casos de doenças infecciosas, a queda de cabelo está propícia ocorrer no período de três meses após a infecção. Em alguns casos como os de pneumonia, meningite ou dengue, a perda dos fios tem a probabilidade de iniciar muito tempo após a infecção.

Relação da queda de cabelo e doenças infecciosas

Importante saber que nem sempre são as doenças infecciosas as responsáveis pelo problema. A queda surge devido ao impulso ou estresse ocasionado pela infecção. Trata-se de uma condição já bastante conhecida como eflúvio teleogeno.
Quando o ciclo de cabelo se interrompe, logo os fios iniciam a fase da queda ou melhor, a tão conhecida fase telógena. Em resposta, ocorre uma queda dos fios, que possivelmente levará diminuição do volume dos cabelos. Já nos casos como os de AIDS ou Hepatites, a queda persiste frequentemente.

No entanto, é muito importante que essas doenças crônicas sejam investigadas e ressaltando que entre as mesmas estão algumas doenças sexualmente transmissíveis (DST), como por exemplo a sífilis ou lues. Essa doença causa problemas seríssimos a saúde.

A bactéria que causa a sífilis é chamada de Treponema pallidium, o contato direto com lesões ou feridas leva ao contagio. A contaminação também pode ocorrer através de transmissão fetal, a partir do momento que a infecção atravessa a placenta contamina o bebê.

Um dos primeiros sinais da infecção sifillica pode ser a queda de cabelo, ocorrendo entre 3% a 7% das pessoas contaminadas. A queda dos fios pode afetar os pelos corporais, cílios e sobrancelhas dificultando a diferenciação clínica.

Cuidados para evitar a queda de cabelo

A preocupação em evitar a queda de cabelo está entre homens e mulheres, pois a saúde capilar deve estar sempre em dia, as quedas podem indicar a falta de vitaminas ou sintomas de algumas doenças.

A hereditariedade é um dos fatores que atinge principalmente nos homens, as alterações hormonais, carência nutricional e o uso de medicação estão na lista dos responsáveis pela queda de cabelo. A busca de um especialista no assunto é o primeiro passo a ser tomado.

Os especialistas são médicos experientes no assunto e poderão ajuda-lo ou ajuda-la, pois existem casos mais profundos e que na maioria das vezes há a necessidade de tratamento para calvície, ou até mesmo implante capilar.

Segundo os especialistas uma boa alimentação baseada em diversos nutrientes, como o complexo B, banana, batata, cereais integrais, uva passa e também o zinco que é um mineral que é ótimo para estimular o sistema imunológico.
Para quem está sofrendo com a queda de cabelo, o ideal mesmo é procurar um médico especialista. Ele tem a capacidade de mostrar para você o tratamento adequado e as melhores soluções.

A calvície Bh é uma empresa que está focada no tratamento de calvície e implante capilar Uberlândia. Ela está no mercado a muitos anos desenvolvendo técnicas especiais com tecnologia avançadas e de última geração, todos os implantes capilares saem com resultados naturais.

Se você ou alguém que conhece, precisa de uma avaliação visite o site da Calvície BH. A mesma conta com um currículo de grande aceitação no mercado e não deixa suspeitas em relação aos trabalhos realizados, transmitindo segurança e qualidade nos trabalhos concretizados

Confira também: Transplante Capilar