Hoje em dia o que não falta nos salões de beleza são procedimentos para o cabelo. As mulheres adoram tirar um tempo da correria do dia a dia para irem até o salão. Cuidar da aparência e principalmente dos cabelos funciona como uma sessão de terapia, as mulheres ficam renovadas.

Mas será que tanta tintura, progressiva, chapinha e ainda outros procedimentos que envolvem químicas não causam nenhum mal aos fios? No post de hoje vamos falar sobre esse assunto e esclarecer o que pode acontecer com o cabelo quando ele recebe algum tipo de química.

Química causa queda de cabelo?

Antes de começarmos a nossa consideração sobre a relação entre química e queda de cabelo é preciso esclarecer que qualquer tipo de química que altere a composição ou forma dos fios, dependendo da intensidade ou  frequência pode provocar a quebra mecânica dos cabelos. Dito isso, podemos nos aprofundar em três técnicas: tintura, progressiva e chapinha.

Tintura

A tintura propriamente dita, não causa o surgimento da alopecia (nome científico da calvície), isso porque a química age diretamente nos fios, e não no bulbo capilar. Entretanto os componentes da fórmula da tintura (amônia, oxidante e precursores da cor) podem deixar os fios de cabelo extremamente frágeis, facilitando a quebra e provocando queda de cabelo.

Progressiva (alisamento)

Assim como a tintura, a progressiva não age na raiz dos fios, portanto, diferente do que muitos afirmam não é um fator determinante para calvície. O que pode acontecer é o ressecamento e a quebra dos fios depois que a química é aplicada. Isso sim causa queda de cabelo, visto que os fios quebradiços e ressecados tendem a se partir com mais facilidade. No entanto, se feito com produtos de qualidade e com um profissional que respeita os intervalos de retoque, a química não influencia na queda de cabelo e não provoca a calvície feminina.

Chapinha e secador

A chapinha e o secador não são exatamente procedimentos químicos, mas também possuem o poder de mudar a estrutura dos fios. Além do mais as dúvidas relacionadas a chapinha, secador e a queda de cabelo estão sempre permeando a cabeça das mulheres.

A verdade é que esses aparelhos também não estão ligados à calvície feminina, e se usados de maneira correta não prejudicam os fios de cabelo. Por isso, evite usar a chapinha e o secador na temperatura mais alta, procure não encostar o secador na raiz para não queimar o couro cabeludo e não passe a chapinha mais de três vezes seguidas na mesma mecha. Seguindo essas orientações os fios de cabelo não serão prejudicados e não haverá a queda de cabelo recorrente do ressecamento dos fios.

Se você ainda tiver dúvidas sobre queda de cabelo e calvície, entre em contato conosco através dos nossos canais de atendimento. Será um prazer atendê-lo!

Veja também:

Implante capilar BH
Tricologia BH