IMPLANTE CAPILAR EM BH

Somos especialistas quando o assunto é Implante Capilar e calvície. Temos uma equipe de cirurgiões e dermatologistas prontos para fazer seu tão sonhado Implante Capilar em BH.

Saiba mais sobre as nossas técnicas de Implante Capilar BH.

 

TÉCNICAS DE EXTRAÇÃO DOS FOLÍCULOS

  • Implante Capilar BH FUT ou técnica convencional: com extração de um “STRIP” ou faixa do couro cabeludo, deixando uma cicatriz linear na área doadora.
  • Implante Capilar BH FUE ou extração direta dos folículos através de “micro-punches” que fazem micro-perfurações para extrair 1 unidade folicular de cada vez.
  • FUT + FUE : em que utilizamos elementos das 2 técnicas em uma mesma cirurgia.

TÉCNICA CONVENCIONAL F.U.T.

A cirurgia se inicia com a extração de uma faixa da área doadora. A extensão da faixa geralmente varia entre 10 e 25 cm, de acordo com a necessidade de cada caso, e a largura entre 1,0 e 1,5 cm.

A seguir, as unidades foliculares serão individualizadas e lapidadas. Nesse momento é fundamental a habilidade adquirida com a experiência e prática da nossa equipe altamente treinada para tal processo, utilizando microscópios de alto poder de definição (MANTHIS), evitando assim lesões e cortes nos bulbos.

Processo de implante capilar BH – Calvície BH
Implante capilar BH – Faixa de tecido extraída pela técnica FUT, em detalhe miscroscópico. No círculo amarelo: unidade folicular com 1 fio. Destacado em preto: unidade folicular com 3 fios.

 

Preparação do implante capilar BH – Calvície BH
Implante capilar BH – Preparação das unidades foliculares com a utilização de microscópios avançados

 

A cicatriz que permanece na área doadora é discreta, principalmente se for a primeira cirurgia a ser realizada pelo paciente. Porém, se o paciente precisar no decorrer de sua vida, de outras cirurgias com novas extrações de faixas, a cicatriz pode se alargar e até ficar visível. Por isso, para pacientes jovens, e que ainda podem ter evolução em seu quadro de calvície, indicamos, sempre que possível, a técnica FUE isoladamente ou associada a FUT.

A técnica FUT, quando indicada, pode ser complementada com fios extraídos pela técnica de implante capilar FUE,  permitindo, dentre outras vantagens, a extração de um maior número de enxertos, e a retirada de uma faixa menor com a formação de cicatrizes menos extensas e de melhor qualidade – veja mais adiante sobre a técnica combinada. Outro detalhe importante é que essa técnica não exige que o paciente raspe o cabelo da área doadora.

 

TÉCNICA DE IMPLANTE CAPILAR FUE

A técnica de implante capilar BH FUE (Folicular Unit Extraction)  vem sendo cada dia mais utilizada em todo mundo – conhecida popularmente como “método sem cicatriz ”. Esse termo não é correto, pois deixa micro-cicatrizes puntiformes.

As unidades foliculares são extraídas uma a uma, e não em uma faixa, por aparelhos motorizados. Utilizamos as avançada máquinas de F.U.E. da Cole Instruments www.coleinstruments.com.  Aparelhos avançados permitem menores taxas de transecção e um aproveitamento melhor dos enxertos.

Nessa técnica, os fios já são extraídos praticamente prontos para o reimplante.

Técnica FUE de implante capilar BH – Calvície BH
Implante capilar BH – A extração na FUE é feita através de microperfurações e não através de cortes.

Algumas vantagens da técnica de implante capilar FUE são:

  • cicatrização mais rápida da área doadora
  • ausência de suturas (pontos) na área doadora
  • a ausência de cicatriz linear em área doadora
  • preservação da elasticidade do couro cabeludo mesmo após várias sessões
  • retorno mais rápido a prática de esportes
  • necessidade de um menor intervalo de tempo entre uma sessão e outra

Ao invés da cicatriz linear característica da FUT, a área doadora apresentará micro-cicatrizes puntiformes.

Cirurgia durante o implante capilar BH FUE – Calvície BH
Implante capilar BH – Trabalho em equipe durante procedimento de FUE.

As principais indicações da técnica de implante capilar FUE são:

  • pacientes jovens que podem vir a precisar de mais de uma sessão de transplante capilar BH no decorrer da vida, de acordo com a evolução de sua calvície. Isso porque a cicatriz linear proveniente de uma segunda ou terceira sessão pela técnica FUT geralmente apresenta-se mais espessa, com uma maior chance de ficar visível. Por isso preferimos, para pacientes jovens, a técnica FUE.
  • pacientes que já utilizaram a técnica convencional em 2 ou mais sessões, e que, por isso, apresentam elasticidade reduzida no couro cabeludo que impede a extração de nova faixa.
  • em associação com a técnica convencional, buscando a extração máxima de folículos em um único procedimento, as GIGASSESSÕES, principalmente em casos avançados de calvície.
  • pacientes que querem usar o cabelo mais curto na área doadora e temem que a cicatriz linear apareça ( por exemplo: militares).
  • para correção de transplantes capilares mal sucedidos, com resultados artificiais, em que foram inseridos folículos em regiões indevidas ou posicionados com ângulos inadequados. Estes folículos poderão ser extraídos um a um pela FUE e reimplantados corretamente.
  • atletas que precisam de um rápido retorno as atividades físicas.
  • para camuflagem de cicatriz proveniente de uma cirurgia prévia pela técnica FUT. Nesse caso serão extraídos fios um a um e serão inseridos ao longo da cicatriz linear antiga.
Resultado 30 dias após o implante capilar BH – Calvície BH
Implante capilar BH – Paciente 30 dias após a cirurgia pela técnica FUE – mesmo com o cabelo bem curto as micro-cicatrizes não ficam visíveis. Não há cicatriz linear.

 

TÉCNICA COMBINADA: FUT + FUE

Utilizando os dois métodos conseguimos somar as vantagens de cada técnica. Dessa forma, podemos conseguir até 30% a mais de unidades foliculares do que fazendo a técnica FUT isoladamente. Geralmente essa combinação é empregada em duas situações:

  • em MEGA e GIGASSÕES em pacientes com graus avançados de calvície, proporcionando o transplante capilar BH de até 5.000 unidades foliculares.
  • em pacientes baixa densidade capilar na região lateral do couro cabeludo. Nestes, podemos retirar a faixa (FUT) apenas na região posterior da cabeça, onde a cicatriz resultante será mais bem camuflada devido a maior densidade capilar nessa área. E, na região lateral, onde geralmente a densidade capilar é menor e há uma maior chance de aparecer a cicatriz, faremos o procedimento FUE, sem deixar cicatriz linear no local.
Implante capilar BH FUE e FUT – Calvície BH
Implante capilar BH – Técnica combinada FUT e FUE

Conclusão

Não é correto dizer que uma técnica seja superior à outra. Tanto o implante capilar FUE como FUT possuem vantagens e pontos negativos – o cirurgião deve dominar os detalhes de cada uma e assim determinar qual será a melhor abordagem para cada caso específico. Em nossa clínica, de um modo geral, utilizamos FUE em 40% dos casos, FUT em 20%, e a técnica combinada FUE+FUT em 40% dos pacientes. O mais importante é escolher profissionais qualificados e capazes de realizar todas as técnicas disponíveis no mundo sobre transplante capilar BH.

Apresentação do Dr Otavio Boaventura sobre implante capilar BH FUE com fios longos no congresso mundial em LAS VEGAS, EUA, em setembro de 2016.
Implante capilar BH – Apresentação do Dr Otavio Boaventura sobre FUE com fios longos no congresso mundial em LAS VEGAS, EUA, em setembro de 2016.

Lista de municípios